Força multinacional deve esperar formação de novo governo afegão

A União Européia (UE) e o Paquistão chegaram a um acordo neste sábado segundo o qual não devehaver o deslocamento de uma força multinacional no Afeganistão até a formação de um governo multiétnico no país. Um delegado do alto escalão da UE e o presidente do Paquistão, Pervez Musharraf, emitiram um comunicado conjunto apósnegociações em Islamabad. De acordo com o texto, a comunidade internacional não deve "titubear em seu consenso" sobre o futuro político do Afeganistão. O futuro governo pós-Taleban, que será tema de discussões entre as facções afegãs a partir de terça-feira na Alemanha, "deverá ser amplamente representativo, multiétnico e aceitávelpara todos os afegãos", declararam.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.