Força-tarefa de Obama para montadoras irá a Detroit

A força-tarefa reunida pelo presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, para lidar com a crise da indústria automotiva passará a segunda-feira em Detroit, terra das "Três Grandes" (General Motors, Ford e Chrysler). A viagem a campo finaliza três semanas de estudos pela equipe, desde que a General Motors e a Chrysler submeteram seus planos de recuperação e resgate ao Departamento do Tesouro, na esperança de obter mais bilhões em empréstimos do governo americano. As próximas semanas serão de risco tanto para a Casa Branca quanto para as montadoras, à medida que se aproxima o prazo final de 31 de março para o governo decidir se dará mais US$ 22 bilhões às duas empresas em assistência federal.A força-tarefa também planeja se encontrar com líderes sindicais do United Auto Workers, o poderoso sindicato de trabalhadores na indústria automotiva americana, para discutir quais são as concessões dos empregados em cortes no quadro de funcionários das empresas, salários e aposentadorias.A situação do setor automotivo norte-americano, indústria e comércio, está se deteriorando rapidamente. As vendas de automóveis novos mergulharam em queda superior a 40% em fevereiro nos EUA. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.