Força tribal lança caçada à Al-Qaeda no Paquistão

Temendo uma nova ofensiva do Exército do Paquistão, uma milícia tribal de 2 mil homens iniciou uma caçada a membros da rede extremista Al-Qaeda perto da fronteira com o Afeganistão, prometendo entregá-los vivos ou mortos ao governo.Suspeita-se que o líder da Al-Qaeda, Osama bin Laden, e seu lugar-tenente, Ayman al-Zawahiri, possam estar escondidos na região. A força tribal, munida de fuzis de assalto, lança-granadas e outras armas, lançou sua operação em duas frentes no Waziristão do Sul, palco de uma operação militar que deixou 120 mortos em março.Segundo moradores, hoje a milícia não enfrentou resistência nem deteve ninguém. O governo paquistanês tem ameaçado lançar uma nova e mais dura ação militar na região se cinco líderes tribais acusados de dar abrigo a extremistas não se entregarem até terça-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.