Forças americanas libertam 50 detentos no Iraque

Forças dos Estados Unidos soltaram cerca de 50 detentos iraquianos neste domingo, mas não há mulheres entre os libertos, informam fontes militares. A libertação de mulheres é uma das exigências dos seqüestradores que capturaram a jornalista Jill Carroll. O porta-voz tenente-coronel Barry Johnson disse que os iraquianos foram soltos como parte de um processo rotineiro de revisão de casos.A detenção de iraquianas tornou-se uma questão delicada, principalmente após a captura de Carroll. Os seqüestradores ameaçam matá-la se as iraquianas presas não forem soltas. Cinco iraquianas foram libertadas em 26 de janeiro, mas autoridades negam que tenha se tratado de uma concessão aos terroristas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.