Forças da Geórgia recuam para defender a capital

As forças militares georgianas iniciaram um recuo para defender a capital, Tbilisi, do avanço das forças russas, informou o governo da Geórgia por meio de um comunicado. "Nesse momento, as forças invasores da Federação Russa estão em território georgiano fora das zonas de conflito da Abkházia e da Ossétia do Sul", diz o comunicado. "O Exército georgiano está recuando para defender a capital. O governo busca urgente intervenção internacional para impedir a queda da Geórgia e mais perda de vidas."Hoje, veículos blindados russos entraram em uma base militar georgiana no oeste do país, afirmou hoje Nana Intskerveli, porta-voz do Ministério da Defesa da Geórgia. De acordo com ela, forças russas tomaram a base militar estabelecida na cidade de Senaki, entrando pela Abkházia, outra disputada província georgiana pró-Moscou. A maioria das forças georgianas envolvidas no conflito concentrava-se em outra frente de batalha, em torno da Ossétia do Sul.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.