Forças de Assad tomam bairro em Homs, na Síria

As forças leais ao presidente da Síria, Bashar Assad, tomaram neste sábado um distrito na cidade de Homs após um ataque que desencadeou uma crise humanitária, disse à AFP o Observatório Sírio dos Direitos Humanos. "O exército lançou uma ofensiva há vários dias no bairro de Deir Baalbeh com bombardeio pesado e os ataques e os confrontos continuaram até os rebeldes se retirarem", disse o grupo.

AE, Agência Estado

29 de dezembro de 2012 | 11h08

O observatório, que tem uma ampla rede de ativistas e médicos em campo de batalha e cuja sede fica no Reino Unido, disse que não pôde oferecer números de mortos devido a dificuldades de comunicação. No entanto, segundo a entidade, o conflito desencadeou uma crise humanitária na cidade, conhecida pelo ativistas contrários ao regime como "capital da revolução". As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.