Forças de paz da ONU devem diminuir no Sudão

Nações Unidas planejam diminuir sua força de paz em Darfur, embora novos conflitos tenham deslocado pessoas de suas casas

O Estado de S. Paulo

26 de dezembro de 2014 | 18h12

Sob intensa pressão do governo sudanês, as Nações Unidas planejam diminuir sua força de paz em Darfur, embora conflitos renovados tenham deslocado mais pessoas de suas casas este ano do que em qualquer outro período nesta década. 

Os planos de retirada surgem logo após a Promotora-chefe do Tribunal Penal Internacional (TPI), Fatou Bensouda, anunciar que ela decidiu suspender o caso de genocídio contra o presidente do Sudão, Omar al-Bashir, porque as potências mundiais nada fizeram para garantir sua prisão. 

Maior operação de paz do mundo, com 20 mil capacetes-azuis em terra, a força da ONU na região foi cortada em 4 mil soldados e há planos de diminuir mais. / NYT

Mais conteúdo sobre:
SudãoONUforças de paz

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.