Forças de segurança do Iraque entram na maior refinaria de petróleo do país

As forças de segurança do Iraque se posicionaram ao redor e dentro da maior refinaria de petróleo do país neste sábado, em Beiji, em meio a confrontos com militantes do Estado Islâmico, disse o comandante militar da província Salahuddin, Abdel-Waha al-Saadi.

Estadão Conteúdo

18 de abril de 2015 | 12h29

Al-Saadi disse que as forças entraram na refinaria dias depois que os rebeldes realizaram um ataque em grande escala e assumiram brevemente uma pequena parte do complexo.

"Esta é mais uma vitória alcançada pelas forças de segurança iraquianas. Os soldados estão confiantes na guerra contra os terroristas", disse al-Saadi à Associated Press.

A refinaria tem ficado sob o controle do governo, mas os militantes tinham impedido todo o acesso das forças de segurança ao complexo.

Um dia antes, soldados iraquianos, apoiados por ataques aéreos da coalizão liderada pelos Estados Unidos, retomaram o controle das cidades de al-Malha e al-Mazra''ah, localizadas a 3 quilômetros da refinaria em Beiji. Fonte: Associated Press

Tudo o que sabemos sobre:
Iraquepetróleo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.