Efe
Efe

Forças de segurança matam 5 na Síria, dizem ativistas

Policiais abriram fogo contra um carro que viajava pela instável província de Hama

AE, Agência Estado

14 de dezembro de 2011 | 08h45

 

 

NICÓSIA, CHIPRE - As forças de segurança da Síria mataram cinco pessoas, nesta quarta-feira, 14, quando abriram fogo contra um carro que viajava pela instável província de Hama, no centro do país, nesta quarta-feira, informou o Observatório Sírio pelos Direitos Humanos.

"Cinco pessoas morreram esta manhã após as forças de segurança atacarem o carro deles perto da cidade de Khataab, nas proximidades ao norte de Hama", afirmou o grupo de ativistas sediado no Reino Unido, sem dar mais detalhes.

O Observatório acrescentou que "três desertores foram feridos" durante os confrontos entre as tropas e os desertores do Exército na província de Deraa, no sul sírio, berço da revolta contra o regime do presidente Bashar al-Assad.

 

As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Síriaviolência

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.