Forças Democráticas Sírias anunciam o fim do 'califado' do Estado Islâmico

Forças Democráticas Sírias anunciam o fim do 'califado' do Estado Islâmico

EI chegou a controlar no Iraque e na Síria uma território equivalente ao do Reino Unido

Redação, O Estado de S. Paulo

23 de março de 2019 | 09h23

BAGHUZ, SÍRIA -  O autoproclamado "califado" do grupo Estados Islâmico foi totalmente eliminado após a conquista do último reduto no leste da Síria pelas Forças Democráticas Sírias (FDS), uma aliança curdo-árabe apoiada pelos Estados Unidos.

"As Forças Democráticas Sírias (FDS) declaram a eliminação total do suposto califado e uma derrota territorial de 100% do Estado Islâmico", afirmou um porta-voz das FDS, Mustefa Bali, em um comunicado.

Após vários meses de combates, as FDS conseguiram conquistar as últimas posições jihadistas em Baghuz, uma localidade do leste da Síria, próxima da fronteira com o Iraque.

Os confrontos foram muito violentos contra os últimos e irredutíveis combatentes do EI, mas a bandeira vitoriosa das FDS foi hasteada em Baghuz, afirmou o porta-voz.

Em seu momento de maior influência, em 2014, o Estado Islâmico chegou a controlar no Iraque e na Síria uma território equivalente ao do Reino Unido.

A organização é liderada pelo iraquiano Abu Bakr Al Bagdadi, que proclamou o califado em julho de 2014 na mesquita Al Nuri de Mossul, a grande cidade do norte do Iraque, recuperada pelo exército iraquiano em julho de 2017. // AFP 

Tudo o que sabemos sobre:
Síria [Ásia]Estado Islâmico

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.