Forças do Iraque entram em confronto com Estado Islâmico após mortes de oficiais

Violentos confrontos ocorreram neste sábado entre o exército do Iraque e militantes do Estado Islâmico na cidade de Falluja, localizada na província de Al Anbar, cerca de 69 quilômetros de Bagdá.

Estadão Conteúdo

25 de abril de 2015 | 10h01

O confronto veio na sequência de uma emboscada feita ontem pelo Estado Islâmico, que atingiu um comboio do exército e matou o comandante general Hassan Abbas Toufan e mais três oficias. Dez soldados também foram mortos e uma dezena ficaram feridos no ataque. O exército está enviando mais tropas e tanques de guerra ao local.

Moradores de Fallujah disseram que os militantes do Estado Islâmico desfilaram com um oficial e três soldados capturados pelas ruas em uma caminhonete, neste sábado.

Os combatentes do grupo terrorista explodiram três carros-bomba do outro lado da província, na passagem de fronteira com a Jordânia, matando três soldados iraquianos e ferindo 10, disse o brigadeiro general Saad Maan, porta-voz do Ministério do Interior do Iraque.

Ainda hoje, uma bomba explodiu perto de um mercado ao ar livre no sudeste do subúrbio de Jisr Diyala, em Bagdá, matando quatro pessoas e ferindo uma, de acordo com a polícia local. Fonte: Associated Press

Tudo o que sabemos sobre:
Iraqueviolência

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.