Forças dos EUA e afegãs tomam desfiladeiro após dias de combates

Soldados dos EUA e do Afeganistão mataram 12 supostos rebeldes nesta quarta-feira e capturaram um desfiladeiro no sudeste do Afeganistão que durante esta semana foi alvo de intensos bombardeios americanos, informou uma autoridade local. Supostos guerrilheiros do grupo fundamentalista islâmico Taleban estariam escondidos na região escarpada da província de Zabul, onde soldados afegãos e americanos recuperaram o Passo Moray, disse Khalil Hotak, chefe do serviço secreto regional. Alguns dos combatentes fugiram para oeste, na direção de província de Uruzgan, prosseguiu ele.Não foi possível confirmar imediatamente a declaração de Hotak com relação à morte de "em torno de 12" supostos rebeldes. Também não estava claro se os corpos foram recuperados. Hotak nada falou sobre baixas entre as forças americanas e afegãs. Haji Granai, comandante militar na cidade de Kandahar, cuja província é vizinha a Zabul, comentou que moradores de Dai Chupan garantiam ter visto cerca de cem rebeldes retirando-se para as montanhas de Torzai com sete cadáveres. "Em breve atacaremos esses talebans em Torzai", prometeu Granai em entrevista à The Associated Press. Torzai situa-se a cerca de 150 quilômetros de Kandahar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.