Rahmat Gul/AP
Rahmat Gul/AP

Forças dos Estados Unidos e do Afeganistão matam líder do Estado Islâmico

Abu Saad Erhabi é o terceiro líder do grupo terrorista morto desde julho do ano passado

O Estado de S.Paulo

26 Agosto 2018 | 14h34

Forças armadas dos Estados Unidos e do Afeganistão mataram na noite de sábado, 26, o líder do grupo terrorista Estado Islâmico no Afeganistão, Abu Saad Erhabi, em uma ação realizada na província de Nangarhar, informaram autoridades locais.

Ele é o terceiro líder do grupo terrorista morto desde julho do ano passado. Além de Erhabi, outros dez terroristas foram mortos na operação conjunta, informou a agência de inteligência afegã. Erhabi foi descrito por autoridades como o "emir" do grupo.

Um porta-voz da coalizão internacional liderada pelos EUA no Afeganistão, Martin O'Donnell, confirmou um ataque antiterrorista que visava "um líder sênior de uma organização terrorista designada". O grupo terrorista não fez nenhum comentário imediato, seja nas mídias sociais ou através de sua agência de notícias Amaq, sobre a morte de seu líder.

Os combatentes do Estado Islâmico estão lutando para se manter nos distritos montanhosos da província de Nangarhar, onde estabeleceram uma filial local do califado que o grupo havia declarado no Iraque e na Síria. Fonte: Dow Jones Newswires.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.