Forças dos EUA no Iraque ferem um saqueador

Um dia após negar que tivessem uma política de disparar para matar os saqueadores no Iraque, os soldados americanos feriram um deles que fazia parte de um grupo a partir do qual, disseram os militares, foram feitos disparos contra os americanos. Os saqueadores dispararam contra os soldados nesta quinta-feira em Mosul, disse o Comando Central dos EUA. Os soldados responderam ao fogo e feriram um dos atiradores, enquanto outros quatro escapavam."As forças da coalizão continuam patrulhando o Iraque para impor segurança a fim de criar condições para as operaçõesde assistência humanitária", disse o Comando Central em umadeclaração divulgada a partir dos escritórios das forças deocupação no vizinho Kuwait. Não há informação sobre vítimas americanas mas, segundoo comando americano, o incidente "reflete a natureza perigosa"das funções de segurança no Iraque após o fim dos combates. Sob pressão para impor a ordem em uma capital ainda emestado anárquico, os comandantes militares americanos justificaram na quarta-feira seus esforços para impor segurançaem Bagdá e disseram que perseguiam energicamente os saqueadores.Mas negaram uma versão de que tivessem autorizado dispararcontra os desordeiros à primeira vista.Veja o especial :

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.