Forças especiais dos EUA treinarão comandos colombianos

Forças especiais do Exército dos EUA darão treinamento a partir deste mês a um nova unidade de comandos colombianos para atacar os grupos armados ilegais. A informação é de funcionários americanos, que falaram ontem sob a condição de anonimato. Segundo eles, os soldados colombianos formarão um batalhão especial e serão treinados em um quartel perto da capital.Os que se opõem à ajuda militar à Colômbia advertiram Washington de que o aumento da ajuda gera o risco de tornar-se um participante direto em uma guerra civil que dura 38 anos. Os informantes insistiram que o treinamento do novo batalhão especial faz parte da luta contra as drogas chamada Plano Colômbia.Eles disseram ainda que não era necessária a aprovação do Congresso americano para uma missão de treinamento. "As operações estarão concentradas contra as organizações de narcotraficantes e terroristas", disse um desses funcionários.A Colômbia e os EUA consideram os três grupos armados proscritos - dois formados por rebeldes de extrema esquerda e uma organização paramilitar de extrema direita - como organizações terroristas e de narcotraficantes. Forças especiais dos EUA já treinaram uma brigada antinarcóticos colombiana de 2.000 soldados, cuja tarefa é eliminar plantações de coca e de papoula, da qual é extraída a heroína. Os grupos rebeldes e paramilitares obtêm vultosos fundos ao aplicar "impostos" aos plantadores de drogas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.