Forças especiais procuram Bin Laden na Caxemira

Forças especiais britânicas enorte-americanas buscam o terrorista Osama bin Laden na Caxemira, seguindo pistas provenientes do trabalho do serviço secreto. Asinformações do órgão de inteligência dão conta que o fundador elíder da Al-Qaeda haveria pedido proteção a um grupofundamentalista islâmico, informou o Daily Telegraph emreportagem publicada na edição de hoje.De acordo com o jornal, soldados do grupo de elite britânicoServiço Aéreo Especial trabalham junto com os norte-americanosda Força Delta para descobrir o paradeiro do milionário saudita.O paradeiro de Osama bin Laden ainda é um mistério, masvárias hipóteses foram cogitadas para seu esconderijo. Desde que os Estados Unidos iniciaram o bombardeio do Afeganistão, falou-se sobre apossibilidade de ele ter procurado abrigo nas montanhas do própriopaís, fugido para o vizinho Paquistão e até mesmo escapado abordo de um navio para o Tadjiquistão ou o Usbequistão.Ontem confirmou-se que o terrorista não foi morto pelo míssildisparado por avião norte-americano no início deste mês. Aaeronave (sem piloto) disparou contra um comboio da Al-Qaeda nocomplexo de cavernas de Zawar Khili, no oeste do Afeganistão. Avítima era parecida com Osama bin Laden.Segundo a reportagem do Daily Telegraph, a decisão de enviaras tropas de elite à Caxemira foi tomada depois da ida doprimeiro-ministro britânico, Tony Blair, à Índia, Paquistão eAfeganistão, ocorrida no mês passado.Após a visita de Blair, chegou à região o secretário deEstado norte-americano, Colin Powell, que recebeu um informe dosserviços de inteligência indicando que Bin Laden estavaescondido nas montanhas da Caxemira, protegido pelo grupopaquistanês fundamentalista Harkat-ul-Mujahideen.A organização, de acordo com o jornal, teria uma ligaçãopróxima com a terrorista Al-Qaeda e realizou recentementevários seqüestros de ocidentais, entre eles dois britânicos queaté o momento não foram libertados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.