Forças francesas destroem casa de líder islâmico em Mali

Forças militares francesas destruíram a casa do líder de um grupo ligado à Al Qaeda, no norte de Mali, no reduto islâmico de Timbuctu, neste domingo. De acordo com um fonte da área de segurança do país, a residência de Iyad Ag Ghaly, chefe do grupo Ansar Dine, foi atingida durante um ataque aéreo.

EQUIPE AE, Agência Estado

27 de janeiro de 2013 | 10h25

As ofensivas se estenderam sobre bases islâmicas da cidade de Kidal, a 1.512.78 quilômetros da capital Bamako. Kidal tem sido a base do Ansar Dine, grupo formado no ano passado. Ghaly é um ex-soldado e ex-rebelde tuaregue.

Em abril do ano passado, depois de um golpe de estado em Bamako, rebeldes tuaregues que buscam uma pátria independente ao norte de Mali uniram-se a vários grupos islâmicos e tomaram cidades do país africano. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
MaliviolênciaAl Qaeda

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.