Forças internacionais já patrulham litoral do Líbano

O governo libanês informa que, segundo as Nações Unidas, uma força naval conjunta formada por França, Grécia e Itália já patrulha a costa do país. Israel afirma que o bloqueio naval imposto ao Líbano será suspenso nas próximas horas. Um funcionário do governo, falando na condição de não ter o nome revelado, disse que o patrulhamento da costa, a 10 km das águas territoriais libanesas, teve início à 0h30 desta sexta-feira (hora local).Em Jerusalém, a porta-voz Miri Eisin afirmou que Israel encerrará o bloqueio naval do Líbano nas próximas horas. Israel havia bloqueado o acesso ao Líbano por ar e mar no início de sua guerra contra o Hezbollah, para evitar que a Síria ou o Irã fornecessem armas ao grupo guerrilheiro. Cedendo a intensa pressão internacional, Israel encerrou o bloqueio aéreo na quinta-feira, mas havia informado que o embargo naval continuaria até que a patrulha internacional chegasse para monitorar o mar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.