Forças israelenses controlam Tulkarem

Tanques israelenses, apoiados por helicópteros, tomaram controle da cidade palestina de Tulkarem, na Cisjordânia, no começo desta segunda-feira. Soldados judeus impuseram um toque de recolher e prenderam dezenas de supostos militantes extremistas, disse o prefeito da cidade. O Exército de Israel não comentou a incursão. Em 16 meses de conflitos, soldados israelenses fizeram várias incursões em territórios palestinos, dominando alguns bairros. Esta, entretanto, é a primeira vez que uma cidade inteira é controlada pelo Exército judeu. O prefeito de Tulkarem, Izzedine Sharif, disse que tanques vindos de todas as direções entraram na cidade por volta das 3 horas da manhã de hoje (23 horas do dia 20, pelo horário de verão em Brasília), enquanto quatro helicópteros sobrevoavam Tulkarem. Os soldados determinaram um toque de recolher e começaram a vasculhar casas em busca de militantes extremistas. De acordo com Sharif, moradores foram obrigados a sair de suas casas, enquanto os soldados faziam as buscas. O prefeito disse ainda que os militares israelenses cercaram o campo de refugiados de Tulkarem e preparavam-se para entrar no local. A incursão foi lançada por causa do atentado de um militante palestino contra um casamento, na cidade de Hadera, centro de Israel. Na ocasião, 6 israelenses morreram e outras 34 pessoas ficaram feridas. O palestino, um ex-policial e integrante da facção terrorista Brigadas de Al-Aqsa, foi morto por policiais judeus. Por causa deste ataque, Israel também cercou o escritório do presidente da Autoridade Palestina, Yasser Arafat, e destruiu o prédio da Rádio Voz da Palestina, em Ramallah.

Agencia Estado,

21 Janeiro 2002 | 03h18

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.