Forças paquistaneses dizem ter matado até 90 militantes

Forças de segurança do Paquistãomataram até 90 militantes em dois conflitos nesta sexta-feira,na região de Waziristão do Sul, na fronteira com o Afeganistão,disse uma fonte militar. Em um dos incidentes, forças do governo mataram cerca de 60militantes que haviam se reunido para atacar um forte naregião, disse o porta-voz militar general Athar Abbas. Nãohouve mortes do lado do Exército, segundo ele. No segundo incidente, militantes atacaram um comboiomilitar e até 30 deles foram mortos na resposta do Exército,disse ele. Quatro membros das forças de segurança ficaramferidos. (Reportagem de Augustine Anthony)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.