Forças sauditas prendem 27 suspeitos de terrorismo

Forças de segurança da Arábia Saudita prenderam 27 suspeitos de terrorismo - muitos deles na província que faz fronteira com o Iraque - por envolvimento em atentados anteriores cometidos no reino. Nove dos detidos foram capturados num " esconderijo no deserto, na (província de) Hafer al-Baten, na fronteira iraquiana", informou um oficial de segurança, na condição de não ter o nome revelado e sem dizer quando as detenções ocorreram.Os demais suspeitos foram capturados na capital e na cidade sagrada de Meca, disse o oficial, sem oferecer mais detalhes sobre quando ou onde se deram as prisões.Autoridades iraquianas e americanas atribuem parte da violência no país a guerrilheiros estrangeiros que entram no território iraquiano ilegalmente, mas acusam a Síria de ser a principal fonte da infiltração.O anúncio das prisões ocorre depois de seis supostos terroristas e um policial terem sido mortos em combates em Riad, na sexta-feira. A Arábia Saudita deflagrou uma intensa campanha contra o terrorismo em maio de 2003, depois de homens-bomba ligados à Al-Qaeda atacaram três complexos residenciais de Riad.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.