Fornecimento de água é interrompido em Bagdá

Um novo ato de sabotagem danificou um dos principais aquedutos do Iraque e deixou pelomenos 300.000 pessoas sem água em Bagdá, informou o ComitêInternacional da Cruz Vermelha. "A explosão de uma granada propelida por foguete atingiu umcano que é conectado à estação de bombeamento e tratamentode Missan, ao leste de Bagdá, e que se encontra em uma áreaaberta", disse o porta-voz da Cruz Vermelha, Nada Doumani. Atos de sabotagem vêm ocorrendo no Iraque desde a queda doregime de Saddam Hussein, em particular contra oleodutos egasodutos, assim como contra usinas elétricas. Um oleoduto que une os campos petrolíferos de Kirkuk, norte,com o porto de Ceyhan, Turquia, voltou a ser atingido ontem ànoite por uma explosão, depois de um primeiro atentado queobrigou seu fechamento na última sexta-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.