Forte chuva que atinge Reino Unido matou duas pessoas

A forte chuva e os ventos que atingiram o Reino Unido neste fim de semana mataram ao menos duas pessoas e inundaram 800 casas, informaram neste domingo autoridades locais.

EQUIPE AE, Agência Estado

25 de novembro de 2012 | 17h57

Uma mulher de 21 anos morreu e outras duas pessoas ficaram feridas quando uma grande árvore caiu em Exeter, cidade próxima à costa do sudoeste, na noite de sábado. A mulher estava em uma pequena cabana para se proteger da tempestade quando a árvore a atingiu, de acordo com a polícia. Ela morreu no hospital.

As chuvas causaram sérios problemas no sul da Inglaterra. Na Cornualha, as pessoas tiveram de deixar suas casas quando os vilarejos se inundaram com a chuva torrencial. Em Cambridgeshire, um homem dirigia seu carro quando atolou com o veículo em uma região inundada por um rio próximo. O homem foi retirado da água, mas morreu a caminho do hospital.

Centenas de estradas foram fechadas devido às inundações e diversos serviços de trem foram cancelados. As autoridades disseram que a situação está se estabilizando gradualmente, mas a previsão do tempo é de que a chuva continue no norte da Inglaterra e na Escócia durante o domingo.

O primeiro-ministro britânico, David Cameron, prometeu que todas as vítimas da chuva terão a ajuda necessária. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Reino Unidotempestades

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.