Forte explosão atinge centro de Cabul

Um grande explosão ocorreu esta manhã na região central e comercial de Cabul, capital do Afeganistão. Um porta-voz da polícia do Afeganistão informou que 30 pessoas podem ter morrido ou ficado feridas. Um oficial das Nações Unidas estimou em 22 o número de mortos. Já a agência oficial de notícias do Afeganistão informou que dez pessoas foram mortas. Cerca de 34 pessoas foram levadas ao hospital da Jamhuriat.Várias ruas da cidade estavam bloqueadas e policiais armados foram conduzidos a pontos estratégicos da capital. A explosão ocorreu próximo ao Ministério da Informação e da Educação. O incidente foi provocado por uma pequena explosão, seguida por uma outra, de grande potência. Testemunhas dizem que a segunda explosão foi provocada por um carro-bomba. "A bomba estava dentro de um taxi", disse o porta-voz da polícia Dul Aqa."Foi uma explosão muito forte. Não podemos dizer quem exatamente está por trás deste atentado, mas sabemos que as últimas bombas foram colocadas pela Al-Qaeda e por Gulbuddin", disse. O comandante rebelde Hekmatyar Gulbuddin, ex-primeiro-ministro do Afeganistão, convocou dias atrás a jihad, guerra santa, para expulsar as forças norte-americanas do país. Este foi o mais grave incidente ocorrido na capital desde 15 de agosto, quando uma série de pequenas explosões começaram a ocorrer.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.