Alex Cruz/EFE
Alex Cruz/EFE

Forte tempestade provoca inundações na Cidade do México

Capital e principal cidade do país teve transporte público e trânsito prejudicados; não há informações sobre vítimas

O Estado de S.Paulo

29 de junho de 2017 | 03h54

CIDADE DO MÉXICO - Uma tempestade que teve a mesma quantidade de chuva dos dois últimos meses provocou fortes inundações na Cidade do México nesta quarta-feira, 28. O trânsito de veículos, o transporte público e a eletricidade foram prejudicados na capital e maior cidade mexicana.  

O Serviço Meteorológico Nacional (SMN) confirmou que a chuva alcançou 75 milímetros, o que a coloca como a segunda mais intensa desta temporada - a outra teve 98,5 milímetros e ocorreu em maio. 

Entre abril e maio desse ano, a Cidade do México teve precipitações acumuladas de 79,1 milímetros, pouco acima do verificado. 

Autoridades de segurança, polícia e bombeiros receberam mais de 20 relatos de inundações em várias regiões da capital. Avenidas e bairros importantes da cidade tiveram centímetros de altura de água e pessoas caminhavam com água por cima da cintura. 

A tempestade fez com que a água entrasse em diversas partes do metrô e o serviço foi suspendido parcialmente. Diversas regiões tiveram cortes de energia. 

O SMN lançou novo alerta para advertir sobre o potencial de tormentas fortes, com granizos e descargas elétricas na região. A temporada de chuvas no México vai de abril a outubro e os estudos com maior nível de precipitação são Chiapas, Tabasco, Oaxaca, Nayarit e Yucatán. / EFE

 

 

 

Tudo o que sabemos sobre:
Cidade do México

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.