Forte terremoto de 8,1º gera tsunami em ilhas do Pacífico

Um potente terremoto de magnitude de 8,1º na Escala Richter atingiu no início da noite deste domingo as Ilhas Salomão, no Oceano Pacífico, disparando um tsunami que inundou pelo menos duas cidades e deixou pelo menos cinco mortos e dezoito desaparecidos. O terremoto gerou também alerta possíveis inundações na Indonésia, Austrália e Japão. Terremotos tão forte como este são raros e ocorrem uma vez por ano. Apesar de o número ainda não estar confirmado de vítimas, o Escritório de Gestão de Emergências local assinalouque quatro pessoas morreram em um deslizamento de terras na ilha deMolo e cinco desapareceram na localidade de Gizo.O Centro de Alerta par Tsunami do Pacífico, no Havaí, informou que o centro do terremoto ocorreu a 350 km da capital das Ilhas Salomão, Honiora. "Um terremoto desta magnitude tem potencial para geral um destrutivo tsunami que pode acabar com as costas marítimas próximas ao epicentro em algumas horas", informou o porta-voz do centro.O editor do jornal Solomon Star, Robert Iroga, disse à emissora de TV Sky News que testemunhas indicaram que diversas pessoas foram arrastadas pelas ondas gigantes até o mar nas proximidades de Gizo. A emissora Solomon Islands Broadcasting Corporation disse ter recebido informações de que o número de vítimas fatais ede desaparecidos está aumentando, embora não tenha divulgado nenhumdado específico. Segundo o porta-voz do escritório nacional de Gestão de Desastres, Julian Mekai, altas ondas provocadas pelo terremoto continuam castigando a costa de Gizo, tendo chegado a até dois metros.As localidades litorâneas de Noro e Taro também foram atingidas porfortes ondas e seus residentes foram evacuados para regiões maisAltas.O epicentro do terremoto, que originou alertas de tsunami em todoo Pacífico Sul e na Austrália, ocorreu 45 quilômetros ao sul dasIlhas de Nova Geórgia, cerca de 350 quilômetros ao oeste da capitaldas Ilhas Salomão, Honiara, e a uma profundidade de 10 quilômetros. O tremor foi seguido inicialmente por um de magnitude similar, de cerca de 7,6º, informou o Centro Meteorológico do Japão.As Ilhas Slomão estão situadas na zona conhecida como "Anel deFogo", com várias plataformas continentais e afetadas freqüentementepor atividade vulcânica e sísmica. Matéria atualizada às 22h45

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.