Reuters
Reuters

Forte terremoto pode atingir Tóquio nos próximos 4 anos

Há um risco de 70% de que um tremor de magnitude 7 abale a capital do Japão, diz jornal

AE, Agência Estado

23 de janeiro de 2012 | 13h26

TÓQUIO - Pesquisadores japoneses alertaram de que há 70% de chance de um terremoto de magnitude 7 atingir Tóquio dentro dos próximos quatro anos, de acordo com uma reportagem do jornal Yomiuri Shimbun.

 

Os especialistas do instituto de pesquisa de terremoto da Universidade de Tóquio basearam suas previsões a partir do crescente número de tremores na capital do Japão desde o último incidente, em 11 de março, no nordeste do país.

 

De acordo com o instituto meteorológico, uma média de 1,48 terremoto, com magnitude entre 3 e 6, ocorreu por dia em Tóquio ou nas proximidades desde março, o que é cerca de cinco vezes mais do que antes do desastre do ano passado.

 

Naoshi Hirata, um dos pesquisadores da Universidade de Tóquio, disse que os resultados mostraram que a sismicidade (grandeza que mede a atividade sísmica de uma região) aumentou na área ao redor da capital japonesa, o que deve levar a uma maior probabilidade de um grande terremoto.

 

O governo do Japão prevê que a chance de um forte tremor, de magnitude sete ou mais, na região de Tóquio é de 70% dentro dos próximos 30 anos.

 

O terremoto do ano passado, de magnitude 9, provocou um tsunami que deixou mais de 19 mil mortos ou desaparecidos e afetou o sistema de refrigeração da planta nuclear de Fukushima, causando a fusão do núcleo de reatores nucleares, em consequência de resfriamento insuficiente levando ao escape de radiação. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
JapãoTóquioterremotoestudo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.