Forte tremor volta a atingir lago prestes a transbordar na China

Magnitude ainda não foi informada; ainda não se sabe o impacto sobre o dique de contenção do lago

Efe,

09 de junho de 2008 | 02h44

Um novo tremor atingiu nesta segunda-feira, 9, o dique do lago de Tangjiashan, formado após o devastador terremoto que atingiu a província chinesa de Sichuan há um mês, e que ameaça transbordar sobre uma região na qual habitam mais de 1,3 milhão de pessoas. A agência oficial Xinhua assinalou que a réplica ocorreu às 11h04 no horário local (00h04 de Brasília), com uma magnitude ainda não revelada pelas autoridades chinesas. Ainda não se sabe o impacto do novo tremor sobre o dique que evita o transbordamento do Tangjiashan, um dos mais de 30 lagos formados após o tremor de 12 de maio. Trata-se da segunda réplica a atingir o dique. Na tarde de domingo, foi registrado outro tremor de 4,8 graus de magnitude na escala aberta de Richter, no distrito de Beichuan, também devastado pelo terremoto do mês passado. A réplica produziu deslizamentos de terra nas montanhas que circundam o lago de Tangjiashan, que ameaça transbordar com a chegada da temporada de chuvas. Centenas de soldados começaram no sábado a drenar o lago de Tangjiashan, onde o nível das águas alcançou 742,58 metros acima do nível do mar esta manhã, uma alta de quase um metro a respeito das últimas 24 horas.

Mais conteúdo sobre:
Chinaterremoto

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.