Enrique Marcarian / Reuters
Enrique Marcarian / Reuters

Forte turbulência em avião que ia de Miami a Buenos Aires deixa 15 feridos

Aerolíneas Argentinas informa que oito pessoas chegaram a ser encaminhadas para atendimento médico

O Estado de S.Paulo

19 de outubro de 2018 | 06h33

BUENOS AIRES - Um voo da Aerolíneas Argentinas que saiu de Miami com destino a Buenos Aires sofreu uma forte turbulência na quinta-feira, 18, e deixou 15 pessoas feridas, de acordo com a companhia aérea.

Em um comunicado, a Aerolíneas Argentinas explicou que, dos 15 feridos, 8 foram encaminhados para atendimento médico.

“O incidente aconteceu na fase de voo chamada ‘cruzeiro’ e foi imediatamente relatado pelo comandante responsável pela aeronave. A companhia forneceu sua equipe médica na chegada do voo para atender aos passageiros que sofreram golpes ou hematomas em razão dos movimentos bruscos que este tipo de condições atmosféricas causam”, afirma o texto.

O voo AR1303 Miami - Buenos Aires transportava 192 passageiros, segundo os quais as complicações se produziram no momento da refeição.

Quando a aeronave chegou ao Aeroporto Internacional de Ezeiza, em Buenos Aires, os responsáveis pelo setor de fatores humanos da empresa prestaram atendimento aos tripulantes.

“As turbulências ocorrem quando duas massas de ar de diferentes temperaturas ou velocidades se chocam. Elas podem produzir movimentos bruscos nas aeronaves conforme sua intensidade, embora de modo algum coloquem em risco a segurança do avião”, completou o comunicado. / EFE

Tudo o que sabemos sobre:
aviãoaviação

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.