Fortes medidas de segurança na Argentina

A secretaria de Segurança do Interior confirmou esta manhã que reforçou a segurança nos estabelecimentos públicos, banco, zonas comerciais e nos terminais aéreos, ferroviários e rodoviários informou o site do jornal argentinoClarin.A Polícia Federal reforçou a segurança em todo país e grupos especiais se encontram a postos para atuar em casos de incidentes. Cerca de 45 mil homens foram convocados durante a noite para reforçar os centros comerciais diante de rumores de saques.A Praça de Maio permanece com trânsito fechado e com amplo efetivo policial como medida preventiva de segurança. No início da madrugada desta segunda-feira, logo após a renuncia do presidente do Senado, Ramõn Puerta, começou uma manifestação rapidamente dissolvida por forças policiais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.