Fórum Social Europeu planeja protestos pela paz

A assembléia do quarto Fórum Social Europeu, que terminou neste domingo em Atenas, decidiu promover uma série de eventos pela paz e pelo direitos sociais, entre 23 e 30 de setembro.O encontro discutiu uma ampla gama de assuntos, incluindo a política externa dos Estados Unidos e a invasão do Iraque, e tratou das alternativas de futuro para a Europa, em um total de 210 seminários.Os participantes comemoraram a rejeição da Constituição Européia por alguns países e festejaram o êxito do movimento francês contra as reformas trabalhistas. Também repudiaram as guerras de ocupação que ocorrem atualmente no Afeganistão, no Iraque e na Palestina e advertiram para a possibilidade de enfrentamento no Irã.Já a polícia grega informou que apresentou denúncia contra os 17 manifestantes detidos no sábado, durante uma passeata promovida pelo fórum no centro de Atenas, onde houve confrontos com as forças de segurança. A polícia informou que está buscando impressões digitais em mochilas encontradas nas ruas próximas à manifestação que continham bombas incendiárias.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.