EFE
EFE

Fotografias inéditas do casamento da princesa Diana vão a leilão

Imagens retratam momentos íntimos da cerimônia com o herdeiro do trono britânico, além da espontaneidade de Lady Di

O Estado de S. Paulo

18 de agosto de 2015 | 09h03

LONDRES - A aparição de 14 fotografias inéditas do casamento de Diana e Charles comoveu o público britânico e colocou a princesa, morta em 1997 quando era perseguida por paparazzis na França, novamente nas primeiras páginas dos jornais.

Em uma semana na qual o palácio de Buckingham alertou sobre o assédio dos fotógrafos ao príncipe George, Lady Di compartilhou com o primogênito dos duques de Cambridge, William e Kate, o protagonismo nos meios de comunicação da Grã-Bretanha. Se Diana estivesse viva, George seria seu primeiro neto.

A imagem de Diana reapareceu em uma série de fotografias que retratam os momentos mais íntimos de seu casamento com o herdeiro do trono britânico, em 29 de julho de 1981, e mostram a espontaneidade e ternura da princesa.

A coleção de retratos, que foi descartada do álbum oficial do casal, foi tirada no Palácio de Buckingham durante a recepção do casamento e após a cerimônia religiosa, celebrada na icônica catedral de Saint Paul em Londres, informou a casa de leilões RR Auction, que colocará as fotografias à venda no dia 28 de setembro nos EUA.

As fotos foram feitas por Patrick Lichfield, único membro da família autorizado a retratar de forma extraoficial os príncipes. Elas foram entregues ao assistente do fotógrafo como recompensa por seu trabalho no dia, e permaneceram guardadas durante 34 anos.

A RR Auction estima que as fotografias, que também incluem a autorização da Casa Real Britânica ao assistente do fotógrafo para vendê-las, podem chegar ao valor total de 15,5 mil euros.

O casamento real reuniu uma multidão de 600 mil pessoas, que agitavam bandeiras britânicas durante a passagem dos recém-casados, e se tornou o evento televisivo mais visto da história, com uma audiência de 750 milhões de espectadores.

Imagens. As fotografias, algumas coloridas e outras em branco e preto, retratam a jovem Lady Di com seus 20 anos no dia do seu casamento, vestindo um traje de cor marfim, de seda e tafetá, e bordado com 10 mil pérolas. O modelo foi assinado pelos britânicos David e Elizabeth Emanuel.

Algumas imagens mostram a princesa percorrendo um imponente corredor do Palácio de  Buckingham com sua família e outros membros da realeza, como a rainha Elizabeth II, o príncipe Charles, as princesas Ana e Margarida, e o príncipe Andrew.

Dentre os destaques, está uma imagem em que a princesa sustenta seus braços em sua menor dama de honra, Clementine Hambro, que foi consolada por Diana após cair enquanto andava pelo corredor; e outra em que a família real está completa e reunida para as fotografias formais.

Diana era professora em uma creche quando conheceu o herdeiro do trono. O casamento de conto de fadas terminou em agosto de 1996, com o divórcio entre os príncipes que tiveram dois filhos, William e Harry. Um ano depois, a princesa Diana morreu em um acidente de carro em Paris. /EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.