Fotógrafo espanhol seqüestrado volta para casa

O fotógrafo espanhol Emilio Fernández Morenatti, seqüestrado em Gaza por desconhecidos e libertadodepois de mais de 15 horas em cativeiro, volta nesta quarta-feira para sua casa, em Jerusalém e, segundo disse, vai descansar. "Quero ficar fora desta história. Estou bem, mas cansado", disse Morenatti, enquanto dirigia seu carro rumo a Jerusalém. O fotógrafo explicou que tinha atravessado a passagem de Erez, nonorte de Gaza, na fronteira com o território israelense, no começo da manhã. Afirmou que queria descansar e esquecer os duros momentos vividos no cativeiro, quando permaneceu 15 horas amarrado e com os olhos vendados. "Vou descansar um pouco. Provavelmente vou ver a minha família", disse o fotógrafo, de 37 anos, atualmente contratado pela agência de notícias americana "Associated Press".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.