Fotojornalistas alemães são soltos na Turquia

O Ministério de Relações Exteriores da Alemanha anunciou que os três fotojornalistas alemães presos no sudeste da Turquia foram soltos. O porta-voz do Ministério, Martin Schaefer, confirmou as mensagens publicadas pelos próprios fotógrafos no Twitter de que eles haviam sido liberados na cidade de Diyarbakir.

Estadão Conteúdo

13 de outubro de 2014 | 14h57

Bjoern Kietzmann, Chris Grodotzki e Ruben Neugebauer foram detidos no sábado enquanto cobriam os protestos curdos contra o Estado Islâmico. De acordo com a imprensa alemã, eles foram acusados de espionagem pela polícia turca. Schaefer afirmou que o Ministério está ciente do significado dessas acusações e está se esforçando para garantir que os jornalistas possam continuar o trabalho. Fonte: Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.