EFE/Justin Lane
EFE/Justin Lane

Fox anuncia dez nomes do 1º debate republicano

Critério para a escolha foi a média nas últimas pesquisas de intenção de voto; os outros sete pré-candidatos do partido participarão de um debate secundário

O Estado de S. Paulo

04 de agosto de 2015 | 20h32

WASHINGTON - O canal Fox anunciou nesta terça-feira, 4, que o primeiro debate dos pré-candidatos republicanos à presidência dos EUA será entre Donald Trump, o governador de New Jersey, Chris Christie, o ex-governador da Flórida Jeb Bush, o governador de Wisconsin, Scott Walker, o governador de Ohio, John Kasich, o cirurgião Ben Carson, o ex-governador de Arkansas Mike Huckabee e os senadores Ted Cruz, Rand Paul e Marco Rubio.

O debate será realizado na quinta-feira à noite e outros sete nomes ficarão de fora do evento. Para escolher os participantes, a emissora escolheu os 10 mais bem colocados em uma média das cinco últimas principais pesquisas de intenção de voto entre eleitores republicanos. O debate inaugural, a 15 meses das eleições presidenciais nos EUA, determinará os mais fortes na disputa da oposição para tentar voltar à presidência após dois mandatos democratas. 

Os candidatos que não conseguiram uma vaga no debate principal participarão de um debate secundário, que ocorrerá quatro horas antes, também em Cleveland. Estarão nele o governador de Louisiana, Bobby Jindal, o ex-senador Rick Santorum (Pensilvânia), a ex-CEO da Hewlett-Packard Carly Fiorina, o ex-governador de Nova York George Pataki e o ex-governador da Virgínia Jim Gilmore. 

O debate será realizado na Arena Quicken Loans, em Cleveland (Ohio), mesmo local que será sede da Convenção Nacional Republicana, no segundo semestre do ano que vem. 

Inicialmente visto como sem chances na corrida, Trump cresceu e passou a liderar as pesquisas de intenção de voto com seu discurso que apela à extrema direita da política americana. Analistas avaliaram, porém, que os números negativos, de rejeição a Trump, também são altos, por isso ainda há muito ceticismo quanto à sua indicação. 

O escolhido no processo das primárias, com início previsto para janeiro, deverá enfrentar a ex-secretária de Estado Hillary Clinton, provável candidata do Partido Democrata. Até agora, o partido do presidente Barack Obama tem apenas quatro postulantes. 

Considerados cruciais, os Estados de Iowa e New Hampshire terão primárias inaugurais e decisivas nos processos de escolha dos candidatos – tanto republicanos quanto democratas. 

No entanto, o primeiro debate televisivo com os preferidos entre os eleitores republicanos é uma grande exposição nacional para um público interessado e vital para a campanha, em um momento em que os candidatos estão correndo para conquistar os votos dos eleitores desses dois Estados. 

Canal. O debate mostra também a força do canal conservador Fox News no processo eleitoral republicano. Segundo o grupo de observação Media Matters for America, os 17 candidatos fizeram 273 aparições individuais no canal em maio, junho e julho. Trump, Paul, Huckabee, Jindal, Fiorina e Perry apareceram mais de 20 vezes – no canal de notícias ou no Fox Business. 

“É o fórum mais importante para um pré-candidato republicano que queira disputar a presidência”, disse Matthew Dowd, chefe dos estrategistas da campanha do ex-presidente George W. Bush em 2004./ AP


Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.