Fracassa tentativa de formar governo

O presidente do Senado italiano, Franco Marini, disse ontem que não obteve apoio suficiente para formar um governo interino e mudar as leis eleitorais. O presidente do país, Giorgio Napolitano, deverá agora dissolver o Parlamento e convocar eleições antecipadas. Marini fez o anúncio depois de dois dias de conversações com os líderes de partidos políticos para tentar resolver a crise, desatada após a queda do governo do premiê Romano Prodi, no dia 24.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.