Fracassa teste com míssil de interceptação americano

Um míssil de intercepção falhou durante o lançamento, no que deveria ser o primeiro teste integral em quase dois anos de um multibilionário sistema de defesa antimísseis desenvolvido pelos Estados Unidos. A agência do governo americano responsável pela elaboração do sistema havia tentado promover o teste em diversas ocasiões, mas o procedimento vinha sendo adiado.Hoje, um míssil com uma falsa ogiva foi lançado como isca de Kodiak, no Alasca. Entretanto, o míssil de interceptação "apresentou uma anomalia pouco antes de ser lançado" de um centro de testes no Atol de Kwajalein, na região central do Oceano Pacífico. A falha ocorreu 16 minutos depois do lançamento do primeiro míssil no Alasca. De acordo com um comunicado, o míssil de interceptação desligou-se automaticamente "devido a uma anomalia desconhecida". A agência responsável pelo teste não divulgou mais nenhum detalhe sobre o problema e informou que funcionários do programa analisarão os dados registrados para determinar o que saiu errado. O Exército dos Estados Unidos estaria na fase final dos preparativos para ativar o sistema de defesa projetado para proteger os EUA de qualquer míssil balístico intercontinental que venha a ser lançado contra seu território.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.