Fragmentos da Mir caíram perto das ilhas Pitcairn

Alguns fragmentos da estação espacial russa Mir caíram em uma zona de 3 mil quilômetros ao sudoeste das ilhas Pitcairn, pertencentes ao Reino Unido, afirmou nesta madrugada o diretor do Serviço de Emergência da Austrália, David Templeman, em Camberra. Segundo ele, a Mir caiu na área prevista por Moscou em uma zona desabitada, ou seja 160 graus oeste e 40 graus sul, a 5.800 quilômetros na costa leste australiana e a sudoeste da ilhas Pitcairn.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.