França admite culpa por deportar judeus na 2ª Guerra

O Conselho de Estado da França, máxima instância da Justiça do país, admitiu hoje a culpa do governo francês pela deportação de judeus durante a Segunda Guerra Mundial. Trata-se do mais claro reconhecimento de responsabilidade do Estado francês no Holocausto. Ocupada pelos nazistas na época, a França "teve responsabilidade" por deportações que levaram a uma perseguição antissemita, concluiu o Conselho de Estado em decisão divulgada hoje.Na decisão, o Conselho de Estado declara que a França já pagou "compensações pelas deportações" desde 1945, quando terminou a Segunda Guerra Mundial, aparentemente descartando a possibilidade de futuros pedidos de indenização por pessoas deportadas e seus familiares. Milhares de judeus foram deportados da França para campos de concentração nazistas durante a ocupação do país. Depois da guerra, sucessivos governos franceses levaram décadas para admitir a participação do regime de Vichy no Holocausto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.