Stephane de Sakutin/AFP
Stephane de Sakutin/AFP

França anuncia reabertura de cinemas e estádios

Nas últimas 24 horas, país registrou apenas 14 óbitos em hospitais; reabertura de boates, feiras e salões de festa será decidida a partir de setembro

Redação, O Estado de S.Paulo

19 de junho de 2020 | 23h27

PARIS - Os cinemas e cassinos da França vão reabrir na próxima segunda-feira, 21, anunciou o governo na madrugada de sábado (noite de sexta no Brasil), acrescentando que os estádios voltarão a receber público a partir de 11 de julho, com ocupação máxima de 5 mil espectadores.

"A melhoria da situação sanitária" relacionada à pandemia de covid-19 permite "suspender certas proibições sob a condição de que todos mantenham uma postura vigilante", considerou o governo em um comunicado.

O campeonato francês de futebol 2019-2020 foi interrompido definitivamente em 8 de março devido à pandemia. A Liga de futebol profissional espera pode começar na próxima temporada, em 23 de agosto.

Nas últimas 24 horas, a França registrou 14 óbitos em hospitais, o que elevou o total de mortos a 29.617 desde que a pandemia emergiu, segundo um balanço oficial publicado nesta sexta.

A ocupação máxima de 5 mil espectadores em estádios e hipódromos poderá ser revista se a situação sanitária melhorar a partir de meados de agosto, acrescentou o governo.

A reabertura de boates, feiras e salões de festa, bem como a retomada das atividades de cruzeiros internacionais serão decididas "a partir de setembro" se a pandemia continuar diminuindo, acrescentou. /AFP

Tudo o que sabemos sobre:
França [Europa]cruzeiro marítimo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.