REUTERS/Nikolay Doychinov
REUTERS/Nikolay Doychinov

França apreende 135 quilos da 'droga dos jihadistas' em aeroporto

Mais de 350 mil comprimidos de captagon, um estimulante à base de anfetamina, foram localizados pela Alfândega do aeroporto de Roissy, nas proximidades de Paris, em moldes procedentes do Líbano

O Estado de S.Paulo

30 Maio 2017 | 10h29

PARIS - Quase 135 quilos de captagon, considerada a "droga dos jihadistas", foram apreendidos neste ano no aeroporto de Roissy, nas proximidades de Paris, um fato sem precedentes na França.

"O captagon, apresentado recentemente como 'a droga do conflito sírio', devido aos estragos que provoca no país, é um psicoestimulante criado no fim dos anos 1950 e agora utilizado principalmente no Oriente Médio", explica a Alfândega francesa em um comunicado. À base de anfetamina, o captagon é utilizado com frequência por jihadistas que executam atentados.

A Alfândega de Roissy interceptou um primeiro carregamento de 350 mil comprimidos com um peso total de 70 quilos em 4 de janeiro, durante uma inspeção de moldes industriais procedentes do Líbano e destinados à República Tcheca.

"Na realidade, o carregamento era destinado à Arábia Saudita, com uma escala na Turquia", explica o comunicado. Em 22 de fevereiro, os agentes apreenderam 67 quilos de comprimidos de captagon escondidos da mesma forma, nas laterais de moldes de aço.

Esta foi a primeira vez que a droga foi apreendida na França, segundo as autoridades. A droga apreendida está avaliada em € 1,5 milhão no mercado ilícito de entorpecentes. / AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.