França aprova venda de medicamento derivado da Cannabis

A agência francesa de segurança de medicamentos aprovou a venda comercial de um medicamento derivado da Cannabis, o que acontece pela primeira vez na França.

Agência Estado

09 de janeiro de 2014 | 15h56

O Ministério da Saúde disse em comunicado, divulgado na quarta-feira, que as vendas do spray Sativex, produzido pela britânica GW Pharmaceuticals, será permitido para o tratamento de espasmos musculares associados à esclerose múltipla.

O Sativex contém os dos componentes mais conhecidos da maconha, o delta 9-THC e o cannabidiol. O site da empresa diz que o medicamento foi lançado em 11 países, dentre eles Reino Unido e Alemanha, e já está aprovado em mais doze.

A decisão da agência francesa é o passo preliminar antes de o spray poder realmente ser vendido na França, afirmou o Ministério.

Nos últimos anos, uma série de países tem aliviado a limitação para a venda de produtos que têm a Cannabis como base para uso médico. Nesta ano, o Estado norte-americano do Colorado aprovou a abertura das primeiras lojas para venda de maconha para uso recreativo dos Estados Unidos. Fonte: Associated Press e Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
FrançaCannabismedicamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.