França caça membros da oposição iraniana em Paris

Uma grande operação policial contra os representantes do Povo de Mujahedeen do Irã - principal movimento de oposição armada contra o regime de Teerã - teve início na manhã desta terça-feira em Paris. A ordem foi dada pelo juiz antiterrorista Jean-Louis Bruguiere. Cerca de 1.300 policiais vasculham 13 pontos no norte e oeste da capital francesa. Segundo o ministério do Interior, nesta região estão localizadas as bases organizacionais e financeiras da organização. Em maio de 2002, a União Européia declarou o Povo Mujahedeen do Irã uma organização terrorista. Desde então, é a primeira vez que o governo francês autoriza a prisão de seus membros.A polícia informou que 150 pessoas foram detidas e US$ 1,3 mil foi encontrado. Além disso, computadores e aparelhos de transmissão também foram apreendidos com os membros da organização.Os Mujahedeen estabeleceram sua sede em Auvers-sur-Oise, oeste de Paris, após a Revolução Islâmica, de 1978, que destituiu o regime ditatorial do xá e instalou no poder o aiatolá Ruhollah Khomeini.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.