França chama de volta embaixador na Síria, diz ministro

A França chamou de volta seu embaixador na Síria, afirmou o ministro do Exterior francês, Alain Juppe, nesta quarta-feira, após suas missões diplomáticas serem atacadas em meio aos protestos contra o regime do presidente Bashar al-Assad.

Agência Estado

16 de novembro de 2011 | 13h20

"A violência na Síria tem aumentado, o que me levou a fechar nossos escritórios consulares em Aleppo e Latakia, assim como nossos institutos culturais e chamar de volta a Paris nosso embaixador", declarou Juppe ao parlamento. As informações são da Dow Jones

Tudo o que sabemos sobre:
FrançaSíriaembaixador

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.