França cobra esclarecimentos dos EUA

A França quer "esclarecimentos" dos Estados Unidos sobre denúncias segundo as quais autoridades americanas estariam encorajando a divulgação de notícias contrárias aos franceses na imprensa, anunciou o chanceler Dominique de Villepin. Numa carta enviada esta semana ao governo dos EUA, a França acusou a imprensa americana de estar promovendo uma campanha de desinformação contra Paris e denunciou que algumas das falsas alegações foram vazadas por autoridades da administração George W. Bush. De Villepin adiantou que seu governo está fazendo um inventário de reportagens publicadas na imprensa sobre a França a fim de mostrar que elas são inverdades. Os EUA negam ter vazado tais informações, mas De Villepin sugeriu hoje que a França quer uma resposta mais completa."Queremos alguns esclarecimentos de nossos amigos americanos", afirmou ele em Paris. "Estamos testemunhando uma campanha, numerosos artigos que são mentiras, algumas caluniosas." A carta do embaixador Jean-David Levitte foi enviada a autoridades da administração Bush e membros do Congresso americano.Entre as histórias citadas na carta está uma sobre uma suposta venda de armas francesas para o Iraque. A discórdia é o último episódio em meses de tensão entre Paris e Washington. As relações entre os dois países começaram a se deteriorar desde que Paris assumiu a liderança na oposição à guerra liderada pelos EUA no Iraque.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.