França confirma encomenda de 180 aviões da Airbus

Um total de 180 aviões de transporte militar Airbus A400M foi encomendado para um projeto de defesa desenvolvido entre oito parceiros europeus: Bélgica, França, Turquia, Espanha, Reino Unido, Alemanha e Luxemburgo e tem como objetivo planejar, desenvolver e fabricar os novos aviões até 2007. Segundo a ministra de Defesa da França, Michèle Alliot-Marie, o programa continua conforme o planejado, afirmou em debate parlamentar. Contudo, a Alemanha, sob pressão para economizar dinheiro e corrigir o desequilíbrio de seu balanço, tem colocado em dúvida o futuro do programa Airbus A400M. Michèle Alliot-Marie disse que o programa "foi confirmado e reconfirmado pela Alemanha e que será lançado". De acordo com informações da imprensa alemã, o país pretende reduzir as encomendas de 73 para 60 aviões. A European Aeronautic Defense & Space Co. (EADS) é a principal empresa do projeto. O programa originalmente previa um total de 196 encomendas. Os aviões A400 M destinam-se a substituir os antigos aviões de transporte, tais como o modelo norte-americano Hercules C-130 e o franco-alemão Transall.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.