França continua contra ajuda da Otan à Turquia

A França sugeriu hoje, com veemência, que continuaria a se opor ao envio de equipamento da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) à Turquia, antes de uma possível guerra no Iraque. A França, ao lado da Alemanha e da Bélgica, tem até segunda-feira para decidir se vai se opor formalmente a dar à Turquia acesso ao equipamento da Otan, ou se vai deixar sua objeção em silêncio, permitindo que as preparações militares prossigam.O porta-voz do Ministério das Relações Exteriores, Bernard Valero, reiterou o ponto de vista da França, de que lançar as preparações militares enviaria um sinal errado enquanto continuam os esforços da ONU para evitar a guerra no Iraque."A posição dos aliados é de apoiar as Nações Unidas", disse Valero. "Esta posição permanece igual", afirmou. "Nesse contexto, nada justifica que a Otan se alie com os preparativos para uma eventual operação militar". Ele não revelou se a França respeitaria o prazo de segunda-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.