França detém três supostos membros do ETA, incluindo possível líder

Detenções aconteceram na região de Bayonne, perto da fronteira com a Espanha

Efe,

20 Maio 2010 | 04h16

BILBAO - As forças de segurança da França detiveram três supostos membros da ETA no sul do país, e fontes da luta antiterrorista espanhola informaram à agência Efe que um deles pode ser o chefe do aparato militar do grupo.

 

Trata-se de Mikel Kabikoitz Carrera Sarobe, conhecido como "Ata", que já foi reconhecido por fotos, mas terá identidade confirmada pelas impressões digitais.

 

Outro dos detidos poderia ser Arkaitz Agirregabiria, um dos supostos "etarras" que participou em março do assassinato da última vítima do grupo separatista, um policial que trabalhava no sul de Paris.

 

As detenções aconteceram pouco depois das 6h desta quinta-feira pelo horário local (perto de 1h pelo horário de Brasília) em um apartamento na localidade de Bayonne, perto da fronteira francesa com a Espanha.

 

A terceira pessoa que estava na casa é a também suposta "etarra" Maite Aranalde. Em outra localidade francesa foi detida uma quarta pessoa, Benoit Aramendi, considerado um colaborador do grupo terrorista, segundo as mesmas fontes.

 

Sarobe alugou uma caminhonete carregada com explosivos que foi interceptada pela Guarda Civil espanhola em Zamora no dia 9 de janeiro deste ano.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.