França exige apoio da Rússia contra a Síria

O chanceler francês, Alain Juppé, afirmou ontem que o governo da Síria comete "crimes contra a humanidade" ao reprimir os protestos contra o presidente Bashar Assad. Em Moscou, ao lado do chanceler russo, Sergei Lavrov, ele cobrou apoio da Rússia a uma declaração do Conselho de Segurança da ONU com sanções contra o regime sírio. "Espero que a Rússia nos apoie no Conselho de Segurança, mesmo que nossas posições não sejam exatamente iguais." A Rússia é aliada histórica da Síria, a quem fornece armas.

, O Estado de S.Paulo

08 Setembro 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.