França: Hollande declara-se candidato das esquerdas

O candidato socialista à presidência da França, François Hollande, declarou-se neste domingo o candidato das esquerdas, afirmou ser o melhor preparado para ocupar o Palácio do Eliseu e prometeu reduzir a dívida e fomentar o crescimento do país, caso seja eleito no segundo turno.

RICARDO GOZZI, Agência Estado

22 de abril de 2012 | 17h17

Hollande agradeceu pelo apoio recebido dos candidatos Jean-Luc Mélenchon e Eva Joly para o segundo turno e prometeu unir a França na direção contrária à presidência de Sarkozy, seu adversário no segundo turno.

De acordo com as projeções e as pesquisas de boca-de-urna, Hollande terminará o primeiro turno à frente de Sarkozy. Pesquisas de intenção de voto feitas antes das eleições de hoje apontavam vitória de Hollande no segundo turno. As informações são da Dow Jones e da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
FrançaeleiçõesFrançois Hollande

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.